Felipe Jucá

Paz e bem!

Textos


          Lembrando o poetinha
 
                         E por falar em saudade
                         Onde anda você - Vina 

     Ontem, 9 de julho de 2020, fez 40 anos que Vinicius de Moraes, o Poetinha, nos deixou. Não escrevi uma crônica sobre ele, como deveria tê-lo feito. Mas quero homenageá-lo, agora. E o faço transcrevendo um dos seus poemas que mais gosto -
       AMOR NOS TRÊS PAVIMENTOS

Eu não sei tocar, mas se você pedir
Eu toco violino fagote trombone saxofone.
Eu não sei cantar, mas se você pedir
Dou um beijo na lua, bebo mel himeto 
Pra cantar melhor.
Se você pedir eu mato o papa, eu tomo cicuta
Eu faço tudo que você quiser.

Você querendo você me pede, um brinco um                                                            namorado
Que eu te arranjo logo.
Você quer fazer verso? É tão simples... você                                                            assina
Ninguém vai saber.
Se você me pedir, eu trabalho dobrado
Só pra te agradar.

Se você quisesse!... até na morte eu ia
Descobrir poesia.
Te recitava as Pombas, tirava modinhas 
Pra te adormecer.
Até um gurizinho, se você deixar
Eu dou pra você... 

NOTA - Vinicius nasceu no Rio de Janeiro no dia 19 de outubro de 1913 e morreu na mesma cidade em 9 de julho de 1980.  




 
 
Felipe Jucá
Enviado por Felipe Jucá em 10/07/2020
Alterado em 10/07/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras